Escanção português recebeu “Prémio do Sommelier” em Londres


 

Lusa / AO online   Economia   13 de Jun de 2010, 13:21

O escanção português João Pires atribuiu ao “percurso e trabalho realizado” o “Prémio de Sommelier” atribuído pela Academia Internacional de Gastronomia em 2009.

Satisfeito por receber uma distinção que “não é atribuída todos os anos” e que “é reconhecida” no meio profissional, Pires manifestou à agência Lusa estar satisfeito por ter sido escolhido no ano passado.

João Pires já tinha recebido o mesmo galardão há cinco anos atrás, em 2004.

A entrega oficial do prémio ocorreu no sábado, na Embaixada de Portugal no Reino Unido, onde estiveram presentes alguns dos responsáveis da Academia Internacional de Gastronomia, que tem sede em Paris.

A organização é composta por academias gastronómicas de diferentes países e concede prémios a, entre outros, escanções, cozinheiros, restaurantes ou escritores que tenham contribuído para a divulgação da gastronomia.

A cerimónia esteve inicialmente agendada para abril mas foi cancelada devido ao encerramento do tráfego aéreo por causa de uma nuvem de cinzas vulcânicas.

Considerado o mais qualificado dos escanções portugueses, João Pires é o único Master Sommelier, título obtido por menos de duas centenas de profissionais em todo o mundo, na Península Ibérica.

Atualmente é escanção chefe no restaurante Gordon Ramsay, em Londres, propriedade de um dos únicos três chefs britânicos possuidores de três estrelas Michelin, a mais alta classificação do conceituado guia de restauração.

Antes, Pires passou pelo Hotel Ritz, em Lisboa, no hotel Quinta da Penha Longa, em Sintra, no The Vineyard, já em Inglaterra, e, mais recentemente, no Capital Hotel.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.