Escadaria da AR coberta por manta para alertar para os maus tratos aos idosos

Escadaria da AR coberta por manta para alertar para os maus tratos aos idosos

 

Lusa/AO Online   Nacional   21 de Jan de 2015, 17:27

Uma manta de 40 metros de comprimento, tricotada por idosos de todo o país e do estrangeiro, foi exposta na escadaria principal da Assembleia da República (AR), como forma de alertar para os maus tratos aos idosos.

 

A iniciativa “Tricota esta ideia – uma manta pelos direitos dos idosos” foi organizada pelo projeto “Juntos por mais”, a qual agrega 45 instituições do concelho de Oeiras que trabalham com seniores.

Ana Martins, coordenadora do projeto, explicou aos jornalistas que “o grande objetivo é alertar para os maus tratos aos idosos e para o aumento” desta problemática.

Os responsáveis pelo projeto, bem como os padrinhos que se associaram à causa – os atores Ricardo Carriço e Sílvia Rizzo – foram recebidos pela presidente da AR, Assunção Esteves e pelos presidentes da Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos Liberdades e Garantias e da Comissão de Segurança Social e Trabalho, que também participaram no desenrolar da manta.

A coordenadora do projeto afirmou que a audiência serviu para entregar a Assunção Esteves um documento que incentive a “Assembleia da República a legislar as comissões de proteção ao idoso e à pessoa com demência, à semelhança da lei de proteção de crianças e jovens”.

A presidente da Assembleia da República disse, em declarações aos jornalistas, que “é um esquecimento pela comunidade que hoje aqui vem ser posto em causa”, alertando que para a importância da sensibilização da opinião pública para este problema.

Por seu lado, Ana Martins disse também, à saída da audiência com a presidente da AR, que pretende “avançar para o Parlamento Europeu”, expondo este problema aquela instituição europeia.

Maria Oliveira, de 68 anos, e Leonilde Paijão, de 80, frequentam o Centro Social e Paroquial de Nossa Senhora da Conceição da Abobada, em Talaíde, no concelho de Cascais, e participaram na manta.

“Já fiz o meu quadrado no verão, achava que já nem me ia lembrar mas consegui encontrá-lo, era às listas azuis, amarelas e vermelhas”, disse Maria Oliveira à agência Lusa.

Já Leonilde Paijão reconheceu que “ainda não tinha visto o resultado final, mas está muito bonito, ficou muito bem”.

A manta é constituída por quadrados de 30x30 centímetros, de várias cores e padrões, tricotados por idosos de instituições, e particulares de todo o país e também do estrangeiro.

Os 40 metros de comprimento da manta permitiram que fosse desenrolada na varanda do salão nobre do parlamento e que cobrisse toda a escadaria, até à estrada.

A campanha “Tricota esta ideia – uma manta pelos direitos dos idosos” foi lançada no dia 01 de outubro de 2014, dia do idoso, e vai decorrer até outubro deste ano, com o objetivo de crescer ainda mais.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.