Enviado especial do banco Mundial para o Haiti é o português Alexandre Abrantes


 

Lusa / AO online   Economia   24 de Abr de 2010, 19:38

O português Alexandre Abrantes foi hoje nomeado enviado especial do Banco Mundial para o Haiti, com a missão de coordenar as tarefas de reconstrução com o governo haitiano e doadores internacionais.

De acordo com o Banco Mundial, Abrantes é especialista em saúde pública e funcionário da instituição de apoio ao desenvolvimento desde 1992.

O Banco Mundial está encarregue de receber e supervisionar as contribuições para o Fundo de Reconstrução do Haiti, criado pouco depois do terramoto que arrasou o país em janeiro deste ano.

Yvonne Tsikata, coordenadora do Banco Mundial para o Caribe, anunciou hoje que nove países confirmaram a intenção de contribuir para o Fundo - Austrália, Brasil, Canadá, Estónia, Noruega, Arábia Saudita, Suécia, Espanha e Estados Unidos.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.