Endesa já fornece electricidade a mais de 10 mil clientes domésticos


 

Lusa / AO online   Economia   11 de Jan de 2010, 15:30

 A Endesa anunciou que ultrapassou em Dezembro os 10.000 clientes domésticos de electricidade, o que juntamente com os contratos de fornecimento a grandes indústrias, empresas de serviços e pequenos negócios representa 16,2 por cento do mercado liberalizado.
Os números, acrescenta a eléctrica espanhola em comunicado, significam que a Endesa se tornou em Dezembro no "segundo maior operador no mercado eléctrico português".

"Além de contratos de fornecimento com grandes indústrias, empresas do sector dos Serviços e um número crescente de pequenos negócios, a Endesa conquistou já mais de 10.000 clientes domésticos", especifica a empresa.

A Endesa destaca ainda que "além da EDP, é a única eléctrica que está presente em Portugal nas três etapas do sector: construção, produção e comercialização".

Segundo os dados mais recentes da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), "o mercado liberalizado de electricidade representou em Novembro, quando avaliado em termos de energia consumida pelos clientes, 41,9 por cento do consumo total anual em Portugal continental, face a cerca de 2,4 por cento em Novembro de 2008".

No final de Novembro, o número de clientes que optaram por fornecimentos no mercado liberalizado ultrapassava os 269 mil consumidores.

A ERSE refere que a EDP Comercial continua como principal operador no mercado liberalizado, com cerca de 95 por cento do total de clientes e 63 por cento dos fornecimentos.

No entanto, sublinha, "durante o mês de Novembro, a Endesa tornou-se o segundo operador de mercado em consumo abastecido (16,2 por cento), tendo ultrapassado a Iberdrola (16 por cento)".

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.