Encontrado corpo de alpinista desaparecido em 1982 no Monte Branco


 

Lusa/AO online   Internacional   8 de Jul de 2014, 18:38

Um grupo de alpinistas encontrou o corpo de um montanheiro de 23 anos que desapareceu no Monte Branco, a mais alta elevação dos Alpes, em 1982, informou hoje a guarda de alta montanha de Chamonix.

 

O corpo é de Patrice Hyvert, que desapareceu a março de 1982, e cuja busca teve então que ser suspensa parcialmente devido às condições meteorológicas adversas.

A descoberta do corpo teve lugar no passado dia 3 de julho, quando um grupo de alpinistas encontraram o colega falecido há 32 anos no glaciar de Talèfre, perto do refúgio de Couvercle, a 2687 metros de altitude, precisou o diário "Dauphine Libéré".

O jovem desapareceu quando tentava subir sozinho o pico do Aiguille Verte de 4122 metros, um cume considerado extremamente difícil de ascender, pela face noroeste, conhecida como Nant Blanc.

Calcula-se que perto de 130 pessoas tenham desaparecido no Monte Branco desde 1950 e todos os anos, quando as neves começam a derreter, reaparecem cadáveres que se presumiam perdidos.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.