Empresa Portos dos Açores investe 9 ME em Ponta Delgada

Empresa Portos dos Açores investe 9 ME em Ponta Delgada

 

LUSA/AO online   Economia   14 de Jul de 2016, 17:02

A empresa Portos dos Açores vai reforçar o manto de proteção do molhe do porto de Ponta Delgada, uma obra orçada em 9 milhões de euros, de acordo com o anúncio do concurso hoje publicado em Diário da República

Segundo uma nota do gabinete de imprensa do Governo Regional dos Açores o prazo contratual para execução da obra é de 365 dias, contados a partir da data de consignação da empreitada ou da aprovação do plano de segurança e saúde.

Em dezembro de 2015, na sequência de um temporal que assolou os Açores, de forma particular as ilhas de São Miguel e Santa Maria, que estiveram sob aviso vermelho, o mais grave numa escala de quatro, a cabeça do molhe do porto de Ponta Delgada ficou danificada, tendo, apesar dos danos, a infraestrutura continuado operacional.

Ainda de acordo com a mesma fonte, a empreitada prevê uma intervenção para reforço da zona de inflexão do denominado cotovelo do molhe comercial, com regularização do submanto e construção de um novo manto de proteção.

A intervenção contempla ainda um reforço adicional do manto para redução de galgamentos, bem como o aumento da cota de coroamento e da largura da berma do manto, visando minorar os efeitos de eventuais galgamentos em alturas de maior agitação marítima.

Segundo o gabinete de imprensa do Governo dos Açores, a última grande intervenção no manto do molhe de proteção do Porto de Ponta Delgada foi efetuada entre os anos de 1997 e 1999, na sequência dos estragos provocados por uma tempestade a 25 de dezembro de 1996.

O porto de Ponta Delgada, gerido tal como as restantes infraestruturas portuárias pela empresa pública Porto dos Açores, é o principal porto de entrada e saída de mercadorias do arquipélago.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.