Emissão filatélica celebra os 500 anos da Torre de Belém

Emissão filatélica celebra os 500 anos da Torre de Belém

 

LUSA/AO online   Cultura e Social   2 de Jul de 2015, 18:25

O CTT-Correios de Portugal emitem esta semana uma emissão filatélica comemorativa dos 500 anos da Torre de Belém, em Lisboa, à qual se referem, em comunicado, como "reconhecida com um ex libris do património cultural português, ícone da cidade de Lisboa e da memória das grandes navegações portuguesas dos séculos XV e XVI"

A Torre foi construída entre 1514 e 1519, a alguma distância da margem do rio Tejo, cercada de água, pelo arquiteto Francisco de Arruda, em Belém, na zona ocidental de Lisboa, e é “um testemunho eloquente da arquitetura militar de transição entre as antigas defesas da Idade Média e as ‘modernas’ do Renascimento”.

A Torre de Belém foi perdendo a sua função na linha de defesa do Tejo, e assumiu outras ocupações como posto aduaneiro e prisão.

Em 1907 foi classificada como Monumento Nacional e, em 1983, como Património Mundial, pela UNESCO.

A emissão filatélica é composta por três selos e um bloco filatélico: um selo com um valor facial de 0,45 euros e uma tiragem de 155.000 exemplares, um outro com valor facial de 0,72 euros e uma tiragem de 145.000 exemplares, e, finalmente, um com uma tiragem de 115.000 exemplares e um valor facial de 0,80 euros. O bloco filatélico tem o custo de dois euros e uma tiragem de 40 000.

O design é do ateliê Folk Design e os selos têm um formato de 40 X 30,6 milímetros, e o o bloco de 125 X 95 mm.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.