Elina Fraga tenta hoje reeleição para bastonário da Ordem dos Advogados

Elina Fraga tenta hoje reeleição para bastonário da Ordem dos Advogados

 

Lusa/AO Online   Nacional   18 de Nov de 2016, 06:34

Elina Fraga disputa hoje com Guilherme Figueiredo, Jerónimo Martins e Varela de Matos a eleição para bastonário da Ordem dos Advogados, numa disputa em que, pela primeira vez, poderá haver uma segunda volta.

Esta é a segunda vez que Elina Fraga vai a votos com Guilherme Figueiredo e Jerónimo Martins, sendo Varela de Matos o único candidato não repetente.

Ao contrário das eleições de 2014, neste ato eleitoral não será automaticamente eleito o candidato mais votado, sendo necessário obter mais de metade dos votos para que isso aconteça. Se nenhum candidato obtiver mais de 50 por cento dos votos haverá, obrigatoriamente, uma segunda volta entre os dois candidatos mais votados.

Nestas eleições são 30.043 votantes, segundo dados fornecidos pela Ordem dos Advogados à agência Lusa.

Guilherme Figueiredo, que é apoiado por vários antigos bastonários da Ordem, promete o regresso do prestígio à Ordem dos Advogados, tal como Jerónimo Martins. Estes dois candidatos são os que mais acusam Elina Fraga de ao longo do mandato de bastonária ter desprestigiado a instituição e o exercício da advocacia.

Já a atual bastonária diz recandidatar-se para continuar o trabalho feito nos últimos dois anos e que em seu entender reforçaram o prestígio da “Ordem para a afirmar na atualidade como uma parceira privilegiada para promover as reformas na justiça”.

Por seu turno, Guilherme Figueiredo propõe “uma alteração total dos estágios no sentido profissionalizante” e criar e coordenar um plano nacional de formação contínua adequado à realidade territorial e com coordenação conjunta do Conselho Geral e dos conselhos regionais e uma execução conjunta entre estes conselhos regionais e as delegações.

Varela de Matos, o único candidato a bastonário inscrito no apoio judiciário, tem como prioridade no primeiro semestre auditar as contas da Ordem e publicitar o relatório dessa auditoria.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.