Elemento da Força Aérea ferido em operação de resgate em pesqueiro

Elemento da Força Aérea ferido em operação de resgate em pesqueiro

 

LUSA/AOnline   Nacional   29 de Dez de 2012, 10:34

Um elemento da Força Aérea ficou ferido na sexta-feira durante o resgate, em condições meteorológicas adversas, de um passageiro que sofrera uma fratura da clavícula a bordo de um pesqueiro a 680 quilómetros de Lisboa.

Em comunicado, a Força Aérea informa que o recuperador-salvador se magoou ao fazer o resgate, numa altura em que se faziam sentir ventos fortes e vagas altas, de cinco a seis metros, segundo fonte da instituição.

O porta-voz da Força Aérea explicou hoje à Lusa que o salvador, que acabou por ser assistido no Hospital das Forças Armadas, em Lisboa, se magoou nas pernas e no cóccix quando, depois de descer do helicóptero, se encontrava posicionado dentro da embarcação para resgatar o pescador.

Na sequência de uma onda, o homem foi atingido pelo barco e precisou de cerca de 10 minutos para recuperar e continuar a operação de resgate.

Após regressarem ao helicóptero, tanto o pescador como o recuperador-salvador foram assistidos pelo enfermeiro militar a bordo.

A aeronave transportou depois o pescador, de 47 anos, para o Aeródromo de Trânsito Nº1 – Figo Maduro – onde aterrou pelas 17:52, sendo depois levado para o Hospital de Santa Maria numa ambulância, em situação estável.

O recuperador-salvador "encontra-se bem de saúde", conclui o comunicado da Força Aérea.

A operação, "de longa distância", envolveu dois meios da Força Aérea, a aeronave C-295M, que descolou da Base Aérea Nº6 (BA6) – Montijo – pelas 12:25, e o helicóptero EH-101 MERLIN.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.