Economia islandesa encerra 2009 com quebra recorde de 6,5%


 

Lusa / AO online   Economia   5 de Mar de 2010, 15:02

A crise na Islândia teve como consequência uma contracção da economia de 6,5 por cento em 2009, depois de ter crescido um por cento em 2008 e seis por cento em 2007, segundo dados divulgados esta sexta-feira.
"Os números mostram que o Produto Interno Bruto (PIB) recuou 6,5 por cento em termos reais, um recorde nas contas nacionais da Islândia", anunciou em comunicado o instituto nacional de estatística do país, citando dados provisórios.

"A queda do PIB em 2009 deve-se a uma queda de 20,1 por cento das despesas nacionais. O consumo das famílias caiu 14,6 por cento, as despesas do Estado três por cento e a formação de capital fixo 49,9 por cento", acrescenta o comunicado.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.