Durão Barroso quer posição harmonizada sobre scanners corporais


 

Lusa / AO online   Internacional   9 de Mar de 2010, 14:16

O presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, defendeu esta terça-feira em Estrasburgo que seria conveniente que os 27 se entendessem sobre uma "posição harmonizada" quanto à utilização de scanners corporais nos aeroportos, para prevenir situações discriminatórias.
José Manuel Durão Barroso respondia a uma questão sobre o uso de scanners corporais, colocada no Parlamento Europeu durante o período de debate mensal da assembleia com o presidente do executivo comunitário sobre temas diversos.

Lembrando que "a Comissão apresentou uma proposta que foi rejeitada", Durão Barroso disse compreender que o recurso a scanners corporais "suscite algumas preocupações", mas sublinhou que "deve haver uma normalização das regras de segurança" nos aeroportos europeus.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.