OE2011

Durão Barroso considera que situação portuguesa é "séria"

Durão Barroso considera que situação portuguesa é "séria"

 

Lusa/AO online   Economia   29 de Set de 2010, 18:00

O presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, classificou esta quarta-feira, em Bruxelas, a situação orçamental portuguesa como sendo “séria”, tendo pedido a Lisboa para dizer “rapidamente” como vai garantir os objectivos de redução do défice sem se desviar “um milímetro”.
“Na nossa opinião a situação é séria e deve ser encarada com grande sentido de responsabilidade nacional”, disse José Manuel Durão Barroso, numa conferência de imprensa em que apresentou as propostas de reforma do actual Pacto de Estabilidade e Crescimento europeu.

Questionado sobre as dificuldades na aprovação do Orçamento de 2011, o presidente do executivo comunitário referiu que as “questões complexas” têm respostas "relativamente simples” e que as autoridades portuguesas têm de dizer “claramente, de uma maneira credível e rapidamente, como vão concretizar os objectivos orçamentais já publicamente anunciados, garantir um défice de 7,3 por cento do PIB para este ano e 4,6 para o ano que vem”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.