Durão Barroso alerta Putin para consequências de novas barreiras alfandegárias

Durão Barroso alerta Putin para consequências de novas barreiras alfandegárias

 

Lusa/AO online   Internacional   1 de Out de 2014, 12:44

O presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, alertou o Presidente russo, Vladimir Putin, para as consequências da adoção, por Moscovo, de novas barreiras alfandegárias a produtos ucranianos.

 

“Tenho grandes preocupações sobre o recente decreto do Governo Russo que propõe novas barreiras alfandegárias entre a Rússia e a Ucrânia”, escreveu José Manuel Durão Barroso, numa carta hoje endereçada a Moscovo.

O chefe do executivo comunitário salientou ainda que a aplicação deste decreto contraria o acordo segundo o qual a União Europeia (UE) aceitou adiar a entrada em vigor do capítulo relativo ao comércio livre da parceria negociada entre o bloco europeu e Kiev.

Durão Barroso sublinhou ainda, na carta que foi divulgada em Bruxelas, que o Acordo de Parceria celebrado entre a UE e a Ucrânia é bilaterial e, “em linha com o direito internacional, qualquer alteração só pode ser feita a pedido de uma das partes e com o acordo da outra”.

Bruxelas, escreveu também, mantém-se disponível para resolver qualquer efeito negativo que o acordo de livre comércio com a Ucrânia possa ter na economia russa.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.