Duquesa de Alba poderia ser rainha da Escócia


 

Lusa/AO online   Internacional   18 de Set de 2014, 12:32

A espanhola duquesa de Alba, a mulher com mais títulos nobiliários, poderia, como última na linha de sucessão da dinastia dos Stuart, ser rainha Cayetana I de Escócia se o "sim" vencer no referendo de hoje.

Essa possibilidade tem sido avançada pela imprensa inglesa e espanhola, que destaca os cenários necessários para a possível coração de María del Rosario Cayetana Fitz-James Stuart y Silva, mais conhecida como a duquesa de Alba - um dos 37 títulos nobiliários que já acumula.

A duquesa de Alba, de 88 anos, é ainda descendente direta do rei Jaime II de Inglaterra e uma das ‘concorrentes’ à eventual coroa escocesa, mas mesmo que o ‘sim’ vença, não é previsível que fosse coroada, já que o Governo escocês quer continuar na monarquia britânica liderada por Isabel II.

Uma alteração a esse modelo obrigaria a um outro referendo.

Apesar da linha descendente da duquesa espanhola ser de um filho ilegítimo e bastardo, James Fitz-James, Cayetana é considerada uma descendente dos Stuart, a principal casa real escocesa.

Cayetana tem outros concorrentes, como é o caso de Francisco Baviera - que segundo os Jacobitas, que pretendem a restauração da casa real Stuart na Escócia, Inglaterra e Irlanda, é herdeiro real ao trono de Inglaterra, França, Escócia e Irlanda.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.