Duarte Freitas reeleito líder do PSD/Açores com 71% dos votos

Regional /
Duarte Freitas

13043 visualizações   

Duarte Freitas foi reeleito, na segunda-feira, líder do PSD/Açores, com 71% dos votos contra os 24% alcançados pelo adversário Paulo Silva, tendo apelado à união do partido, após o período de discussão democrática interna.
 

“Passado este período interno de debate, discussão que tivemos e tendo sido exercida a democracia e a escolha livre dos militantes, a partir de agora somos um único partido”, afirmou Duarte Freitas, no discurso de vitória na sede do partido em Ponta Delgada, ilha de São Miguel.

Dos cerca de 10.000 militantes do PSD/Açores em condições de votar nas eleições diretas desta segunda-feira, exerceram o seu direito de voto 1.833 militantes, dos quais 1.296 votaram em Duarte Freitas e 441 em Paulo Silva, adiantou o secretário-geral do partido, Ricardo Pacheco.

“O processo eleitoral decorreu sem uma única reclamação, total transparência e postura cívica de todos os candidatos”, destacou, ainda, Ricardo Pacheco.

Em dezembro de 2012, Duarte Freitas, candidato único, foi eleito pela primeira vez presidente do PSD/Açores, conquistando 1.317 de um total de 1.513 votantes, o que representou 92,6%.

Duarte Freitas, 50 anos, economista e natural da ilha do Pico, desvalorizou o facto de poucos militantes terem votado, admitindo que os próprios cadernos eleitorais do partido tenham de ser atualizados.

Segundo disse o releito lider do PSD/Açores agora "é necessário todos darem as mãos, em nome do partido, para consensualmente poder servir melhor as açorianas e açorianos", contando que todos os militantes para este objetivo.

Saudando a disponibilidade do empresário Paulo Silva para se candidatar, Duarte Freitas considerou que o ato eleitoral foi “disputado com elevação democrática”, tendo convidando o seu adversário para participar no próximo congresso regional do partido, em janeiro, “embora estatutária e regimentalmente este não tivesse assento”.

Para o candidato derrotado, Paulo Silva, que felicitou Duarte Freitas pela vitória eleitoral, a abstenção “continua elevada e é preciso ser repensada dentro do partido”, tendo pedido, que após as diretas, “os críticos que existiam deixem de ser tão críticos e se concentrem mais no partido”.

“Esperava mais, mas tudo o que tivemos foi o que merecemos e estamos tranquilos”, confessou Paulo Silva, 47 anos e natural da ilha Terceira, acrescentando que continua “sempre disponível para o PSD/Açores”.

Nas eleições diretas desta segunda-feira, os militantes do PSD/Açores escolhem, também, os órgãos concelhios e de ilha, que estavam em fim de mandato , assim como os delegados ao XXII Congresso Regional, que vai decorrer de 20 a 22 de janeiro de 2017 na ilha de São Miguel.