DOP perde cientistas por falta de financiamento

DOP perde cientistas por falta de financiamento

 

Lusa/AO online   Regional   23 de Set de 2014, 14:56

O Departamento de Oceanografia e Pescas (DOP) da Universidade dos Açores revelou que perdeu recentemente três investigadores por falta de financiamento da Fundação para a Ciência e Tecnologia.

 

A denúncia foi feita por Hélder Silva, diretor do DOP, com sede na cidade da Horta, ilha do Faial, que lamenta a redução de cientistas na área da investigação marinha, onde já existe carência de recursos humanos.

"A Fundação para a Ciência e Tecnologia tem tido menos recursos, embora diga que não", apontou o diretor do DOP, em declarações aos jornalistas, recordando que foram abertas menos vagas e foram atribuídas menos bolsas este ano.

Segundo Hélder Silva, o DOP está a viver um momento, ao nível da investigação, que é "o mais difícil" em matéria de preservação dos postos de trabalho, na medida em que vários contratos não foram renovados.

"É fundamental que quem tem responsabilidades políticas esteja atento a esta situação e assegure a manutenção de um financiamento a níveis suficientes, para nós podermos aguentar a nossa estrutura científica, que embora tendo crescido, está ainda muito aquém daquilo a que nós aspiramos", alerta Helder Silva.

Segundo explicou, para evitarem ficar no desemprego, alguns investigadores estão a ser pagos através de projetos de investigação científica.

O DOP acolhe cerca de uma centena de pessoas, entre professores, investigadores, bolseiros e funcionários não docentes.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.