Donald Trump vai dar uma conferência de imprensa em 11 de janeiro

Donald Trump vai dar uma conferência de imprensa em 11 de janeiro

 

Lusa/AO Online   Internacional   4 de Jan de 2017, 07:29

O presidente eleito dos EUA anunciou na terça-feira que vai dar uma conferência de imprensa em 11 de janeiro, na qual vai revelar a forma de evitar conflitos de interesse entre a posição presidencial e os seus negócios.

 

Donald Trump, que foi eleito em novembro, não dá uma conferência de imprensa desde julho.

Anteriormente, os presidentes eleitos deram várias conferências de imprensa durante os períodos de transição, nas quais discutiram assuntos como as escolhas de pessoas para o governo e planos de política da futura presidência.

Em vez disto, Trump recorreu largamente a comícios, sessões de fotografias, entrevistas selecionadas e – no que é uma moda inédita – mensagens através da rede social Twitter, como foi agora o caso.

Até agora evitou a tradição que a conferência de imprensa do presidente se tinha tornado.

Os seus métodos de comunicar notícias sobre a transição têm sido heterodoxos para um futuro chefe de Estado.

No mês passado, anunciou de forma inesperada aos jornalistas que estavam na receção do seu arranha-céus nova-iorquino em Manhattan, a Trump Tower, que Masayoshi Son, o multimilionário dirigente do gigante japonês de telecomunicações SoftBank, ia investir 50 mil milhões de dólares (48 mil milhões de euros) nos EUA, que iriam criar 50 mil empregos.

Os anúncios empresariais desta dimensão são raros e por norma são divulgados através de comunicados ou de conferências de imprensa cuidadosamente preparadas.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.