Dois terços das famílias portuguesas usam computador e acedem à Internet

Dois terços das famílias portuguesas usam computador e acedem à Internet

 

Lusa/AO online   Nacional   6 de Nov de 2012, 10:39

Dois terços das famílias portuguesas utilizam computador e acedem à Internet, sendo que mais de 90% dos jovens entre os 10 e os 15 anos já navega na net e usa telemóvel, revelam dados do INE.

O Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias, do Instituto Nacional de Estatística (INE), avança que em 2012, 66% das famílias têm acesso a computador em casa e 61% dispõem de ligação à Internet.

O INE adianta que 60% pessoas dos 16 aos 74 anos utilizam Internet, 35% das quais fazem-no em mobilidade, ou seja, fora de casa e do local de trabalho, o que significa mais cinco pontos percentuais que no ano passado.

O computador portátil é o equipamento mais utilizado nesta modalidade de acesso, sendo referido por 27% de utilizadores de Internet, seguido pelo telemóvel (na ordem dos 21%).

As pessoas que usam o telemóvel para aceder à Internet em mobilidade, usam este equipamento essencialmente para trocar e-mails (70%), participar em redes sociais (63%) e para ler ou fazer 'download' de notícias online, jornais ou revistas (54%), refere o Instituto.

Quanto ao comércio eletrónico, 13% já faz encomendas pela Internet, o que representa um crescimento médio anual de 20% desde 2008 até 2012.

"Os indicadores obtidos em 2012 confirmam a evolução positiva do acesso às TIC (tecnologias de informação e comunicação) pelas famílias", avança o INE, revelando que de 2008 a 2012 houve um crescimento médio anual de cerca de 12% no acesso a banda larga em casa.

Mas é entre os jovens, dos 10 aos 15 anos, que a utilização das TIC se encontra "largamente difundida", com 98% deles a utilizar computador, 95% a aceder à Internet e 93% a usar telemóvel.

Nesta faixa etária, a residência continua a ser o principal local de utilização de computador e Internet, diz o INE.

"A escola é ainda uma referência importante na utilização destas TIC, embora em menores proporções que em 2010", refere o documento, explicando que este ano 69% dos utilizadores de computador e 65% de utilizadores de Internet declaram usar estas tecnologias na escola (em 2010 eram 77% e 69%, respetivamente).

A principal atividade realizada na Internet por jovens dos 10 aos 15 anos é a procura de informação para trabalhos escolares, revela.

Segundo o INE, há contudo uma ligeira alteração no padrão de utilização de computador e de Internet entre 2010 e 2012, verificando-se um decréscimo ao nível da regularidade diária da utilização das TIC, mas um aumento na utilização semanal.

Já por região, Lisboa e a Região Autónoma dos Açores são as que evidenciam acessos às TIC "acima da média do país", sendo que na primeira 75% das famílias têm acesso a computador em casa e 72% dispõem de acesso à Internet e de ligação através de banda larga e na segunda 67% dispõem de computador e 64% dispõem de ligação à Internet e de banda larga em casa.

Não muito atrás fica a região Norte, em que 65% das famílias tem acesso ao computador, e a região do Algarve e a Região Autónoma da Madeira, onde cerca de 61% das famílias têm acesso à Internet e 60% dispõem de acesso em banda larga.

Quanto ao género, há mais homens a usar as tecnologias do que mulheres: 67% dos homens utilizam computador e 65% utilizam Internet, contra os 58% e 56% das mulheres, respetivamente.

Já no comércio eletrónico, verifica-se "uma utilização paritária", diz o INE, já que 14% dos homens e 13% das mulheres fazem encomendas pela Internet.

Por idade, é sobretudo entre os 16 e os 24 anos que se verifica um maior nível de utilização, na ordem dos 97% no acesso ao computador e à Internet, enquanto no comércio eletrónico são as pessoas com idade entre 25 e 34 anos quem mais realiza encomendas pela Internet (26%).


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.