Dois suspeitos de ligações com atentados de Paris detidos na Áustria


 

Lusa/AO online   Internacional   16 de Dez de 2015, 17:39

Duas pessoas suspeitas de ligações com os atentados 'jihadistas' de Paris de 13 de novembro foram detidos num centro de acolhimento de migrantes em Salzburgo, oeste da Áustria, anunciou o procurador austríaco.

 

“Duas pessoas provenientes do Médio Oriente foram detidas este fim-de-semana”, declarou à agência noticiosa AFP um porta-voz do procurador de Salzburgo, Robert Holzleitner. “Estão em curso averiguações sobre uma possível ligação com os atentados de Paris”, acrescentou.

Os dois indivíduos são “suspeitos de pertencerem a uma organização terrorista”, precisou o porta-voz.

A página internet do jornal Kronen Zeitung revelou que os dois suspeitos são de nacionalidade francesa, respetivamente com origens argeliana e paquistanesa, e chegaram em outubro à Áustria provenientes da Síria e acompanhados pelos autores dos atentados, que possuíam documentos sírios falsificados.

A informação que conduziu a estas detenções foi proveniente de um serviço de informações estrangeiro, que não forneceu as suas fontes. Foi ainda referido que os dois homens aguardavam em Salzburgo, uma cidade muito visitada por turistas, ordens para proceder a outros atentados.

O procurador recusou confirmar a nacionalidade dos suspeitos, enquanto o ministro do Interior e a polícia optaram por não se pronunciar.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.