Bósnia

Dois sérvios bósnios condenados a 31 anos de prisão por envolvimento em massacre


 

Lusa / AO online   Internacional   22 de Abr de 2010, 18:01

O tribunal bósnio para os crimes de guerra condenou hoje dois sérvios da Bósnia, Radomir Vukovic e Zoran Tomic, a 31 anos de prisão cada um por envolvimento nos massacres de Srebrenica.
O tribunal considerou Vukovic, 36 anos, e Tomic, 38 anos, culpados de terem participado na "execução de pelo menos mil homens muçulmanos" num armazém agrícola em Kravica, arredores de Srebrenica, em 13 de Julho de 1995.

"Participaram em execuções (…) sabendo que assim também participavam na limpeza étnica" da população muçulmana, considerou o juiz Senadin Begtasevic durante a leitura da sentença. Os arguidos foram considerados culpados de "ajuda ao genocídio", precisou o juiz.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.