Austrália

Dois aventureiros procuram ser os primeiros a atravessar a Antárctida a pé


 

Lusa/AO online   Internacional   12 de Dez de 2011, 11:18

Dois aventureiros australianos querem ser os primeiros a atravessar a pé a Antárctida sem assistência, uma caminhada de cerca de 2.200 quilómetros iniciada há 42 dias a favor dos doentes com cancro, noticia a imprensa local.
James Castrission e Justin Jones iniciaram esta aventura há 42 dias para a recolha de fundos a favor da campanha "You can" em benefício dos doentes com cancro na Austrália, de acordo com o portal da Internet "Cas&Jonesy: Atravessando o gelo".

Os aventureiros caminham cerca de 25 quilómetros por dia, que demoram a percorrer entre oito a nove horas.

Apesar de ser agora verão na Antárctida, os dois australianos enfrentam temperaturas abaixo de zero e fortes ventos, encontrando-se a meio caminho do Pólo Sul.

Castrission e Jones foram os primeiros, entre 2007 e 2008, a concretizar uma viagem de caiaque no mar que separa a Austrália e Nova Zelândia, que levou 62 dias e 3.318 quilómetros a percorrer e, entre 2001 e 2002, formaram parte da primeira expedição que remou durante 49 dias e cumpriu 2.560 quilómetros no maior rio da Austrália.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.