Dívida total das empresas públicas dos Açores ascendia a 1737 ME em 2015

Dívida total das empresas públicas dos Açores ascendia a 1737 ME em 2015

 

Lusa/Açoriano Oriental   Regional   5 de Jul de 2017, 17:20

A dívida total das empresas públicas dos Açores ascendia, no final do ano de 2015, a 1737 milhões de euros, revela um relatório da Comissão de Economia da Assembleia Legislativa Regional.

De acordo com o relatório sobre o setor público empresarial regional (SPER), aprovado por unanimidade, registou-se uma "redução significativa dos prejuízos" naquele período em cerca de 50 por cento, com os resultados líquidos negativos a diminuírem de 32,5 milhões de euros em 2014 para 16,3 milhões no ano seguinte.

Em 2015, as 40 empresas detidas total ou parcialmente pela Região Autónoma dos Açores tiveram um aumento de 16% do EBITDA (sigla em inglês para resultados antes de juros, impostos, amortizações e depreciações), totalizando 113 milhões de euros, mais 16 milhões que no ano anterior.

O documento refere também que o ativo das empresas que compõem o setor público empresarial regional e as entidades controladas pela região é "superior ao passivo em cerca de 134 milhões de euros", o que significa que o SPER tem uma "autonomia financeira positiva".

De acordo com os dados recolhidos pelos deputados com assento nesta comissão parlamentar permanente (com base na Conta da Região e nos pareceres do Tribunal de Contas), o setor da saúde é aquele que tem maior peso dentro das participações financeiras da região (51,8%), com um total de 148,1 milhões de euros.

Seguem-se os setores dos portos e transportes marítimos, com 40,2 milhões de euros (14,1%) e o setor da energia, com 35,1 milhões de euros (12,3%).

Durante o ano de 2015 foram gastos, no âmbito das empresas públicas açorianas, 216,2 milhões de euros com os vencimentos de 6.532 trabalhadores.

A Região Autónoma dos Açores participa direta e indiretamente, em 40 empresas (detém a maioria do capital social em 29 empresas e participações minoritárias em outras 11).

O relatório do SPER e a Conta da Região de 2015 vão ser analisados no plenário do parlamento dos Açores, provavelmente na sessão marcada para a próxima semana, na Horta, ilha do Faial.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.