Distritos de Faro e Porto com maior aumento de estrangeiros residentes em 2016

Distritos de Faro e Porto com maior aumento de estrangeiros residentes em 2016

 

Lusa/AO online   Nacional   18 de Ago de 2017, 16:04

Os distritos de Faro e Porto foram os que mais aumentaram a população estrangeira residente entre 2015 e 2016, com subidas de 9% e 5%, respetivamente, indica o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

Dados do SEF sobre a "População Estrangeira Residente em Portugal" referem que em 2016 o distrito de Faro aumentou quase 9% (de 58.246 para 63.481 em números absolutos), a população estrangeira residente em relação a 2015 e que no distrito do Porto houve um acréscimo de quase 5% (de 22.972 para 24.092).

Os dois distritos são ainda os únicos em todo o território português a registar, em 2016, um aumento da população estrangeira residente acima dos mil cidadãos, face a 2015.

Por outro lado, os dois distritos portugueses com a maior descida da população estrangeira residente, entre 2016 e 2015, foram os de Setúbal, com 36.175 estrangeiros residentes (menos 819), e de Lisboa, com 173.118 (menos 403).

A maioria dos estrangeiros residentes no distrito de Faro é oriunda do Reino Unido (10.938), Brasil (7.850) e Roménia (7.419), enquanto no distrito do Porto a maioria é de nacionalidade brasileira (8.035), seguido da ucraniana (2.219) e da chinesa (2.207).

Braga, Bragança, Castelo Branco, Viana do Castelo, Coimbra, Leiria, Guarda, Évora, Beja, Madeira e Açores registaram também aumentos residuais, com algumas centenas a mais de população estrangeira residente.

Santarém, Vila Real, Viseu, Portalegre e Aveiro são os distritos que se mantiveram com praticamente os mesmos estrangeiros residentes entre os anos de 2015 e 2016.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.