Distrito da Guarda em risco 'extremo' de exposição à radiação ultravioleta

Distrito da Guarda em risco 'extremo' de exposição à radiação ultravioleta

 

LUSA/AO online   Nacional   16 de Jun de 2017, 06:32

O distrito da Guarda está hoje em risco 'extremo' de exposição à radiação ultravioleta (UV), enquanto os restantes distritos de Portugal continental estão com risco 'muito elevado', segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA)

Estão também com risco 'muito elevado' de exposição à radiação ultravioleta a ilha da Madeira e do Porto Santo e a ilha Terceira, nos Açores, adianta a informação disponível no ‘site’ do IPMA.

Segundo o instituto, nas regiões com risco ‘Extremo’ a população deve evitar a exposição ao sol.

Nas regiões com níveis 'muito elevado', o IPMA recomenda o uso de óculos de sol com filtro UV, chapéu, ‘t-shirt’, guarda-sol e protetor solar, além de desaconselhar a exposição das crianças ao sol.

Os índices UV variam entre menor do que 2, em que o UV é 'Baixo', 3 a 5 ('Moderado'), 6 a 7 ('Alto'), 8 a 10 ('Muito Alto') e superior a 11 ('Extremo').

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera prevê para hoje para o continente céu pouco nublado ou limpo, aumentando temporariamente de nebulosidade nas regiões do interior durante a tarde, com possibilidade de ocorrência de aguaceiros e trovoada.

O vento soprará fraco, soprando temporariamente moderado de nordeste nas terras altas do Norte e Centro até ao início da manhã e de noroeste na faixa costeira ocidental a sul do Cabo Carvoeiro durante a tarde.

Prevê-se ainda neblina ou nevoeiro matinal em alguns locais do litoral das regiões norte e centro e uma subida da temperatura máxima, mais significativa no litoral.

As temperaturas máximas previstas para hoje são de 37 graus Celsius em Faro e Lisboa e 28 no Porto.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.