Director geral da segurança nacional da Argélia assassinado


 

Lusa / AO online   Internacional   25 de Fev de 2010, 16:52

O director geral da segurança nacional da Argélia, Ali Tounsi, foi hoje assassinado a tiro por um colaborador, durante uma reunião no seu gabinete em Argel, anunciou o Ministério do Interior argelino.
"A morte de Ali Tounsi ocorreu às 10:45 locais (09:45 em Lisboa) durante uma sessão de trabalho na qual um quadro da polícia, num aparente acesso de loucura, utilizou a sua arma e atingiu mortalmente o coronel Ali Tounsi", refere em comunicado o Ministério.

Segundo o texto, o indivíduo virou depois a arma contra ele próprio e ficou gravemente ferido, tendo sido hospitalizado.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.