Irão

Diplomata iraniano pede asilo à Noruega


 

Lusa/AO online   Internacional   14 de Set de 2010, 12:22

Um diplomata iraniano em Bruxelas anunciou esta terça-feira que irá juntar-se à oposição ao Presidente Mahmoud Ahmadinejad e pedir asilo político à Noruega, tornando-se na terceira deserção de um diplomata iraniano na Europa este ano.
"Peço asilo político para toda a minha família", disse Farzad Farhangian, adido de imprensa da embaixada iraniana na Bélgica, numa conferência de imprensa em Oslo.

"Peço desculpa ao povo iraniano. Ao longo dos últimos 30 anos, estive ao serviço do povo iraniano, mas as derivas da República iraniana não me deixam outra escolha. Espero ser a voz da oposição", disse Farhangian.

Farzad Farhangian é o terceiro diplomata iraniano a abandonar funções e a pedir asilo a um país nórdico desde Janeiro.

O número dois da embaixada do Irão em Helsínquia anunciou no fim-de-semana a sua deserção e pedido de asilo à Finlândia.

Em Fevereiro, o antigo cônsul do Irão em Oslo, Mohammed Raza Heydari, viu igualmente ser-lhe concedido o direito de asilo, um mês depois de ter desertado.

Farhangian explicou hoje que ira colaborar com Heydari numa campanha contra o regime de Ahmadinejad.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.