Saúde

Dia Nacional de Luta Contra a Paramiloidose assinala doença ainda desconhecida

Dia Nacional de Luta Contra a Paramiloidose assinala doença ainda desconhecida

 

Lusa/AO online   Nacional   16 de Jun de 2010, 10:26

A paramiloidose é uma doença altamente incapacitante e mortal, que se estima afectar oito mil pessoas em todo o país, mas ainda muito desconhecida da população, que ao fim de mais de 500 anos continua a propagá-la sem saber.
Na opinião de Carlos Figueiras, presidente da Associação Portuguesa de Paramiloidose (APP), esse desconhecimento é razão mais do que suficiente para instituir um dia de luta contra a vulgarmente conhecida como “doença dos pezinhos”.

A APP entregou em 2008 na Assembleia da República uma petição com sete mil assinaturas para instituir esse dia, tendo sido votada por unanimidade.

Este ano foi finalmente instituído o 1º Dia Nacional de Luta Contra a Paramiloidose, que passa a ser assinalado a 16 Junho, data da morte de Corino de Andrade, o médico e investigador que estudou a doença desde 1939 – ano em que a observou pela primeira vez – até 1952, quando esta doença neuro degenerativa foi identificada e descrita como paramiloidose, ou polineuropatia amilóide familiar ou ainda doença de Andrade.

A razão para o pedido de instituição deste dia prende-se sobretudo com o facto de haver “muitos portugueses que ainda não sabem o que é a doença”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.