DGS recomenda medidas de proteção devido ao calor nos próximos dias

DGS recomenda medidas de proteção devido ao calor nos próximos dias

 

Lusa/AO Online   Nacional   4 de Ago de 2017, 08:25

A Direção-Geral da Saúde recomenda a população que tome medidas de proteção contra o calor, face à previsão de temperaturas muito elevadas até ao fim de semana, que poderão atingir os 40 graus em alguns distritos do interior.

Em comunicado disponível hoje na página da Internet, a Direção-Geral da Saúde (DGS) alerta para o calor previsto para os próximos dias pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

O IPMA colocou sob ‘aviso amarelo’, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, os distritos da Guarda, Castelo Branco, Portalegre, Setúbal, Évora, Beja e Faro devido à persistência de valores elevados da temperatura máxima até ao fim de semana.

O ‘aviso amarelo’, o terceiro mais grave, significa situação de risco para determinadas atividades dependentes das condições meteorológicas.

Assim, por causa do tempo quente, a DGS recomenda à população que adote várias medidas para se proteger do calor, principalmente as crianças, idosos, doentes crónicos, grávidas, pessoas com mobilidade reduzida, trabalhadores com atividade no exterior, praticantes de atividade física e pessoas isoladas.

Como medidas de prevenção dos efeitos do calor, a DGS recomenda o aumento da ingestão de água ou sumos de fruta natural, sem açúcar, e evitar o consumo de bebidas alcoólicas, bem como “procurar ambientes frescos e arejados ou climatizados”.

Evitar a exposição direta ao sol, principalmente entre as 11 e as 17 horas, utilizar protetor solar com fator igual ou superior a 30 e renovar a sua aplicação de duas em duas horas e após os banhos na praia ou piscina, são outras medidas recomendadas.

A DGS aconselha igualmente a população a usar “roupa solta, opaca e que cubra a maior parte do corpo”, chapéu de abas largas, óculos de sol e a evitar atividades que exijam grandes esforços físicos, nomeadamente, desportivas e de lazer ao ar livre.

Para quem tem de viajar de carro, a DGS recomenda para o fazer nas horas de menor calor.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.