Detidos três indivíduos indiciados por cultivo e tráfico de canábis e haxixe

Detidos três  indivíduos indiciados por cultivo e tráfico de canábis e haxixe

 

AO Online   Regional   27 de Jan de 2017, 12:01

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Ponta Delgada, desmantelou uma estufa destinada ao cultivo de canábis, tendo sido detido o seu proprietário, e outros dois indivíduos, por estarem indiciados pela prática do crime de estupefacientes.


De acordo com comunicado, foram realizadas buscas domiciliárias aos suspeitos, no concelho de Ponta Delgada, no âmbito das quais foi detetada a estrutura produtiva, que estava apetrechada com todos os equipamentos necessários ao cultivo, em condições ideais, de plantas de canábis, nomeadamente adequados sistemas de iluminação e aquecimento, materiais de isolamento, tubagens de ventilação com extratores, ventoinhas, automatismos elétricos, fertilizantes, que foram todos apreendidos, bem como todas as plantas e sementes.


Apreenderam-se ainda folhas e sumidades floridas de canábis já secas, e pólen de haxixe, prontos a serem comercializados, em quantidade suficiente para mais de cento e cinquenta doses individuais, uma balança de precisão, mais de quatro mil euros em dinheiro e equipamentos de comunicação.

Os detidos, com idades entre os 29 e 61 anos de idade e antecedentes criminais, foram presentes a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas coativas tidas por mais adequadas.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.