Crime

Detidos na operação "Noite Branca" começam hoje a ser ouvidos


 

Lusa/Ao online   Nacional   18 de Dez de 2007, 05:51

Os 11 suspeitos detidos domingo no âmbito da operação "Noite Branca" começam hoje a ser ouvidos no Tribunal de Instrução Criminal do Porto, depois de terem sido identificados segunda-feira.
Inicialmente prevista para segunda-feira, a audição dos detidos foi adiada para hoje, tendo-se apenas procedido à sua identificação e à prestação de informações sobre os respectivos antecedentes criminais.

    Os detidos, indiciados na sua maioria por integrarem um grupo terrorista, segundo disse à Lusa Fátima Castro, uma das advogadas de defesa, foram depois transportados para as instalações da Polícia Judiciária, onde passaram a noite de segunda-feira.

    Fátima Castro considerou a indiciação "exagerada" e "uma manobra para mostrar serviço".

    Os detidos durante a operação "Noite Branca", realizada domingo, estão ainda sob a acusação de associação criminosa, homicídio voluntário, tráfico de estupefacientes, receptação e detenção de armas proibidas.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.