Detidos 14 presumíveis membros de rede que recrutava "jihadistas"

Detidos 14 presumíveis membros de rede que recrutava "jihadistas"

 

Lusa/AO Online   Internacional   25 de Ago de 2015, 08:43

Catorze presumíveis membros de uma rede que recrutava e enviava combatentes para o grupo autoproclamado estado islâmico foram detidos hoje em Espanha e em Marrocos pelas polícias dos respetivos países.

Fontes policiais indicaram à agência Efe que a operação foi desencadeada esta madrugada em Madrid, bem como nas cidades marroquinas de Fez, Casablanca, Nador, Al Hoceima e Driouch.

As investigações no quadro da operação conjunta, ainda em curso, centram-se numa rede que captava e enviava estrangeiros para as fileiras da organização ‘jihadista’ no Iraque e na Síria, segundo informou hoje o Ministério do Interior espanhol.

No passado dia 28 de julho, o ministro do Interior, Jorge Fernández Díaz, indicou que 126 combatentes terroristas nacionais ou residentes em Espanha tinham partido para as zonas de conflito para lutar ao lado do grupo extremista, dos quais 25 morreram.

Este ano foram levadas a cabo cerca de duas dezenas de operações antiterrorismo, as quais resultaram em mais de meia centena de detenções.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.