Detido ex-presidente de empresa pública da área dos transportes por peculato e abuso de poder


 

Lusa/AO Online   Nacional   4 de Ago de 2015, 09:42

A Polícia Judiciária anunciou hoje que deteve, no aeroporto de Lisboa, um ex-presidente de uma empresa pública da área dos transportes, por crimes de peculato e abuso de poder praticados no âmbito de uma ação de cooperação com Angola.

Em comunicado, a PJ adianta que no decurso da operação, desencadeada pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção (UNCC), foram realizadas buscas, tendo sido apreendida diverso material relacionado com a prática da atividade criminosa em investigação.

Segundo a PJ, o valor do benefício ilícito apurado até ao momento é de 100 mil euros.

O detido, ex-presidente e atual quadro de uma empresa pública na área dos transportes, foi presente a tribunal, tendo-lhe sido aplicadas como medidas de coação o pagamento de uma caução de 37.500 euros.

Foi ainda suspenso de “funções públicas ou exercício de cargos de gestão pública” e proibido de se ausentar para fora do país.

A PJ adianta que a investigação irá prosseguir “com vista à continuação de recolha de prova e ao apuramento total das responsabilidades criminais dos envolvidos”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.