Destruída casa que ficou isolada no meio de uma estrada na China durante mais de um ano


 

Lusa/AO online   Internacional   3 de Dez de 2012, 11:18

Uma casa de cinco andares, isolada durante mais de um ano no meio de uma estrada em construção, por resistência dos inquilinos a realojamento noutro local, foi demolida, este fim de semana, após um acordo com a construção sobre a indemnização.

Segundo informou a Rádio Internacional da China, o edifício, situado na localidade de Wenling (na província oriental de Zhejiang), foi demolida por retroescavadoras no sábado, depois de Luo Baogen, de 67 anos, e a mulher, terem aceitado sair a troco de 260.000 yuan (cerca de 41.000 dólares ou 31.462 euros) e de um terreno para construir uma nova vivenda.

Luo Baogen não tinha aceitado a indemnização de cerca de 35.000 dólares (26.800 euros) oferecida aos seus vizinhos – habitantes de mais de 450 edifícios entretanto demolidos – pelo que resistiu mais de um ano no local, exigindo durante meses uma compensação de pelo menos 96.000 dólares (cerca de 70.000 euros).

O desacordo não impediu as obras da estrada, que rodearam a casa de alcatrão.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.