Assembleia da República

Despesa social cresceu entre Janeiro e Julho


 

Lusa/AO online   Economia   9 de Set de 2010, 18:18

O secretário de Estado do Orçamento disse esta quinta-feira no Parlamento que a despesa social cresceu entre Janeiro e Julho deste ano cerca de dez por cento, mas que a restante despesa pública está a ser cortada.
Emanuel Santos respondeu desta forma ao PSD e ao CDS-PP, que lhe exigiram explicações sobre o crescimento da despesa pública este ano, e ao Bloco de Esquerda, que lhe perguntou por que motivo "a despesa social decresceu brutalmente".

"As despesas sociais na execução de Janeiro-Julho são as que mais subiram", respondeu o secretário de Estado Adjunto e do Orçamento ao Bloco de Esquerda, referindo que estas subiram "mais de dez por cento" e que em relação ao mesmo período de 2009 representam "mais 459 milhões de transferências para a Segurança Social".

"É a demonstração da nossa política social. E se isso é despesismo…", observou Emanuel Santos.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.