Política

Despesa pública 'per capita' na região é "inferior" à do Continente

Despesa pública 'per capita' na região é "inferior" à do Continente

 

Lusa/AO online   Regional   13 de Dez de 2010, 17:05

O presidente do Governo Regional dos Açores, Carlos César, criticou esta segunda-feira a “grosseria” de alguns políticos e comentadores sobre a questão da remuneração compensatória, frisando que a despesa pública ‘per capita’ no arquipélago é inferior à do continente.
“A despesa pública ‘per capita’ nos Açores é inferior à despesa média por português do continente”, afirmou Carlos César em Angra do Heroísmo, salientando que “ninguém está a fazer discriminação positiva, amoral, dos Açores”.

Para o presidente do executivo regional, neste plano estatístico, são os Açores que “prestam solidariedade nacional”.

Carlos César lamentou a “grosseria e a falta de urbanidade de alguns políticos e comentadores” sobre a questão da remuneração compensatória destinada aos trabalhadores da função pública regional que ganham entre 1500 e 2000 euros mensais, mas assegurou que esses comentários não são suficientes para fazer o executivo mudar de opinião.

“O que acho extraordinário é que se considere imoral o governo (dos Açores) apoiar um conjunto de famílias e, esses mesmos comentadores, não considerem imoral que o Governo Regional da Madeira gaste por ano quatro milhões de euros no financiamento de um jornal que lhe faz publicidade, que é o Jornal da Madeira”, afirmou.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.