Orçamento de Estado

Despesa com medicamentos cresceu em 2009

 Despesa com medicamentos cresceu em 2009

 

Lusa / AO online   Economia   19 de Fev de 2010, 10:16

A despesa do Estado com os medicamentos nas farmácias, no ano passado, cresceu 6,3 por cento, para os 1,5 mil milhões de euros, o que revela um aumento de 80 por cento face ao crescimento previsto no Orçamento de 2009.
A ministra da Saúde vai esta sexta-feira ao Parlamento, no âmbito das audições ministeriais sobre o Orçamento do Estado para 2010, explicar que este desvio de 80 por cento nos gastos com os medicamentos nas farmácias foi motivado pelas medidas tomadas para promover os genéricos e aliviar a factura dos doentes.

"A despesa do Estado com medicamentos nas farmácias em 2009 foi de 1,5 mil milhões de euros, o que representa um aumento de 6,3 por cento relativamente a 2008", explica o Ministério da Saúde, em resposta à agência Lusa. O limite inscrito no Orçamento do Estado para 2009 previa que os gastos com os remédios nas farmácias não ultrapassassem os 3,5 por cento, pelo que a subida de 6,3 por cento representa um desvio de 80 por cento face ao orçamentado.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.