"Deslocação de médicos divide Governo e Ordem" é a manchete do Açoriano Oriental

"Deslocação de médicos divide Governo e Ordem" é a manchete do Açoriano Oriental

 

Açoriano Oriental   Regional   20 de Jan de 2015, 23:00

A manchete do Açoriano Oriental destaca que médicos estão descontentes com a alteração das regras de deslocação de especialistas às ilhas sem hospital. Enquanto a Ordem fala em "défice assistencial", o governo alega que quantidade não é sinónimo de qualidade.

A capa do Açoriano Oriental titula, com destaque fotográfico, que "Deputado faz caricaturas para dar humor à política". "Cavaco promulga referendo regional", "Sinaga anuncia 'layoff' e recua na decisão", "Unidades de Saúde de Ilha presididas por gestores" e "'Agenda CNPDL' traça rumo até ao ano de 2020" são os restantes títulos de primeira página.  


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.