Trabalho

Desemprego na Construção cresce há dois anos

Desemprego na Construção cresce há dois anos

 

Lusa / AO online   Economia   19 de Ago de 2010, 18:29

O desemprego no sector da construção está a crescer todos os meses desde o terceiro trimestre de 2008, alertou esta quinta-feira a associação do sector, que afirma que houve 75 mil novos desempregados por mês neste sector no segundo trimestre do ano.
A Federação Portuguesa da Indústria da Construção e Obras Pública (FEPICOP), na análise de conjuntura de Agosto, cita os números do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), divulgados esta manhã pela Lusa, e afirma que “o número de desempregados oriundos da construção tem vindo a crescer ininterruptamente desde o terceiro trimestre de 2008, quando o seu número ascendia, em termos médios mensais, a 35,7 mil pessoas”.

“No último trimestre disponível, o segundo de 2010, essa média aproximou-se dos 75 mil, ou seja, mais do dobro do valor de há apenas sete trimestres atrás”, acrescenta a FEPICOP.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.