Desemprego é maior preocupação das associações juvenis dos Açores

Desemprego é maior preocupação das associações juvenis dos Açores

 

Lusa/AO Online   Regional   3 de Jul de 2014, 06:40

O representante das Associações Juvenis dos Açores, Nuno Miranda, disse hoje que "as questões do emprego" continuam a preocupar muito os jovens na região, em declarações à margem de uma reunião do Conselho de Juventude dos Açores.

"As questões de emprego são questões que preocupam muito os jovens. Emprego, empregabilidade, a própria formação, mas neste conselho de juventude tratou-se essencialmente dos novos programas da Direção Regional da Juventude, que têm contributos importantes nesta área", afirmou Nuno Miranda.

O secretário regional da Educação, Ciência e Cultura, Luiz Fagundes Duarte, referiu, também à saída do encontro, que decorreu em Ponta Delgada, que a problemática do desemprego jovem não foi abordada, dizendo que "as políticas da juventude não tratam de arranjar empregos para os jovens mas prepará-los para o mundo do trabalho".

"A área da juventude não tem uma política para o emprego porque o Governo [Regional] tem um departamento próprio para isso. A nossa obrigação é contribuir, dar incentivos, para que os jovens quando pretenderem ir para o mercado de trabalho, estejam melhor preparados", disse Luiz Fagundes Duarte.

O Conselho de Juventude dos Açores, um órgão de consulta do Governo Regional, reuniu hoje para efetuar um balanço do Plano Anual de Atividades da Direção Regional da Juventude e abordar os novos programas, bem como os que transitam, como o OTL (Ocupação de Tempos Livres) Jovem, que mereceu críticas do presidente da Juventude Popular dos Açores, Alonso Miguel.

Dizendo que o OTL Jovem é "um dos programas mais conhecidos e reconhecidos da direção regional", Alonso Miguel destacou que "este ano deixou bastantes jovens não colocados", considerando que "seria sempre interessante ter um mecanismo para perceber quem foi admitido", para que, no próximo ano, "outros jovens tenham oportunidade de experimentar este programa".

No final do encontro ficou a saber-se, por outro lado, que a Direção Regional da Juventude está a preparar um novo projeto de "um canal de televisão online" para divulgação da cultura e atividades jovens.

No Conselho de Juventude dos Açores estiveram presentes 16 conselheiros, entre representantes de organizações partidárias e de associações juvenis.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.