Descobertas novas espécies no mar dos Açores

Descobertas novas espécies no mar dos Açores

 

João Alberto Medeiros   Regional   11 de Jul de 2010, 19:00

Um grupo de cientistas acaba de regressar de uma missão científica com amostras de animais raros e mais de 10 possíveis novas espécies, numa área pesquisada entre os Açores e a Islândia.

Esta viagem tem a particularidade de revolucionar o pensamento sobre a vida de profundidade no Oceano Atlântico.

Os cientistas completavam a última etapa do MAR-ECO, um programa de pesquisa internacional, que faz parte do Censo da Vida Marinha.

O programa visa melhorar a compreensão da ecologia dos animais ao longo da Dorsal Meso-atlântica entre a Islândia e os Açores.

A Universidade de Aberdeen, responsável pela expedição, assegura a contribuição do Reino Unido para a última etapa do MAR-ECO.

O projecto envolveu cientistas de 16 países, entre os quais Pedro Ribeiro, do Departamento de Oceanografia e Pescas (DOP) da Universidade dos Açores.

Durante mais de 300 horas de mergulho com o Isis, veículo operado remotamente, visitaram-se profundidades entre 700 e 3600 metros.

Os investigadores examinaram planícies, precipícios e encostas da serra gigante que separa o Oceano Atlântico em duas metades, Leste e Oeste.

De acordo com os cientistas, no Nordeste, ouriços-do-mar eram dominantes nas planícies e as depressões eram coloridas por esponjas, corais e outras espécies.*

 

*Leia esta notícia na íntegra no jornal Açoriano Oriental de segunda-feira, 12 de Julho de 2010.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.