Desalojados vão poder usar apoio para comprar casa mais próxima de localidades


 

Lusa/AO Online   Nacional   29 de Out de 2017, 20:49

As famílias que perderam a sua habitação nos incêndios poderão usar o apoio para comprar ou construir casa junto a povoações, para diminuir situações de risco, afirmou hoje o primeiro-ministro.

O apoio concedido pelo Governo às pessoas que perderam as casas não está apenas previsto para a "mera reconstrução", mas permite também "apoiar, até ao montante dos danos aferidos, a aquisição ou instalação de habitação, por exemplo, junto das populações", disse António Costa, após a apresentação do modelo de reconstrução das casas afetadas pelos incêndios que deflagraram em 15 de outubro.

"Isso é importante para reordenar o território. Uma das realidades mais difíceis que tivemos nestes incêndios é ver muitas habitações dispersas, muito isoladas, e, portanto, estão numa zona de maior risco. Se for possível as famílias aproximarem-se dos núcleos populacionais tornam-se obviamente mais resilientes em situação de incêndio e diminui os riscos futuros", frisou o líder do executivo.

Foi a pensar na diminuição desse risco que este mecanismo foi criado, explicou, acrescentando que "vários autarcas" expressaram o desejo de que "não se voltasse a construir em sítios de risco".

Segundo António Costa, esta medida permite "aproveitar esta ocasião para que as pessoas possam encontrar melhores condições de vida e também mais segurança".




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.