Delinquência juvenil subiu 23,4% em 2014


 

Lusa/AO online   Nacional   31 de Mar de 2015, 18:04

A delinquência juvenil subiu 23,4 por cento (%) em 2014, com mais 453 casos, segundo o Relatório Anual de Segurança Interna (RASI), entregue no parlamento.

 

De acordo com o documento, a delinquência juvenil subiu de 1.940 casos em 2013 para 2.393 casos o ano passado, depois de ter baixado ligeiramente de 2012 (2.035 casos) para 2013.

Nos últimos cinco anos, foi em 2010 que se registaram mais casos de delinquência juvenil, com 3.880 ocorrências.

O RASI engloba no conceito de criminalidade grupal os crimes praticado por três os mais suspeitos, independente do tipo de crime ou do nível de participação de cada interveniente, e na delinquência juvenil a prática de um crime (nos termos da lei tutelar educativa) por menores com idades entre os 12 e os 16 anos.

No que se refere à criminalidade grupal, o relatório aponta para um decréscimo de 2,5% (menos 165 casos), mantendo a tendência que se vem observando nos últimos anos (6.513 casos em 2013, 7.300 em 2012 e 8.285 em 2011).

De acordo com o RASI, que apresenta os principais resultados da criminalidade e atividade das forças e serviços de segurança, a criminalidade geral desceu 5,4% em 2014, ano em que se registaram 19.061 casos de criminalidade violenta e grave, menos 1.086 do que em 2013.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.