Ténis - Estoril Open

Del Potro no Olimpo da galeria dos bicampeões

Outras modalidades /
Juan Martin Del Potro Estoril Open 2012

594 visualizações   

O tenista argentino Juan Martin del Potro passou a integrar o restrito grupo de bicampeões do Estoril Open e a ainda mais curta lista de vencedores consecutivos ao vencer o francês Richard Gasquet, por 6-4 e 6-2
 

Campeão em 2011, o primeiro cabeça de série voltou a mostrar porque gosta tanto do maior torneio de ténis português, “despachando” o vice-campeão de 2007 em hora e vinte e sete minutos.

Em 23 edições, apenas quatro jogadores venceram por duas vezes, mas só dois o fizeram em anos seguidos, como aconteceu hoje com Del Potro: o austríaco Thomas Muster (1995 e 1996) e o espanhol Albert Montanes (2009 e 2010).

No quarteto de bicampeões do Estoril Open figuram também o espanhol Carlos Costa (1992 e 1994) e o compatriota do vencedor desta edição do Estoril Open, David Nalbandian (2002 e 2006).

Favorito desde o primeiro momento ao triunfo, o número 12 do Mundo cedo começou a construir a vitória, ao quebrar o primeiro serviço de Gasquet no primeiro “set”, para se adiantar irremediavelmente no marcador e repetir o resultado do ano passado, frente ao espanhol Fernando Verdasco.

O “break” inicial foi suficiente para o vencedor do Open dos Estados Unidos de 2009 conquistar o primeiro parcial frente a um lutador francês, que nunca conseguiu contrariar o potente serviço do adversário, a chave de todo o encontro.

Com o primeiro “set” a ser fechado em 54 minutos, a história repetiu-se no parcial seguinte, com o segundo pré-designado e número 18 do ranking ATP a ceder o serviço logo de entrada.

O “break” quebrou a resistência de Gasquet, que queria na 23.ª edição “vingar-se” da derrota sofrida diante o sérvio Novak Djokovic, atual número um mundial, na final de 2007.

Del Potro aproveitou a quebra psicológica do opositor e voltou a “roubar” o serviço do francês, concluindo o segundo parcial em trinta e dois minutos, logo no primeiro “match point” de que dispôs.

No court central do complexo do Jamor, o argentino, que chegou a ser número quatro mundial a 11 de janeiro de 2010, antes de passar por um período de tormento devido a lesão, somou o 11.º título da carreira e o segundo do ano.

Curiosamente, Gasquet também foi derrotado no caminho de Del Potro para o seu título em Marselha 2012. Os dois já se defrontaram por cinco vezes, com o francês a alcançar a vitória apenas por uma vez, no primeiro embate entre ambos, no Masters de Indian Wells, em 2007.

Del Potro, de 23 anos, profissional há sete temporadas, tinha no currículo antes da vitória de hoje dez títulos: Marselha (2012), Estoril e Delray Beach (2011), US Open, Washington e Auckland (2009), Washington, Los Angeles, Kitzbnhel e Estugarda (2008).

Este ano, além do triunfo de Marselha, o argentino atingiu os “quartos” de Indian Wells e do Open da Austrália, a meia-final no Dubai e a final em Roterdão, perdendo com o suíço Roger Federer em todas as ocasiões.

Del Potro coroa a sua terceira participação no Estoril Open com o seu segundo título, tendo desistido nos oitavos de final na sua primeira presença, em 2007.

Diário de Notícias Dinheiro Vivo Jornal de Notícias Notícias Magazine O Jogo TSF Volta ao Mundo Açoriano Oriental DN Madeira Jornal do Fundão