Justiça

Decisão sobre extradição de vale e Azevedo adiada pela quinta vez


 

Lusa / AO online   Nacional   12 de Fev de 2010, 14:07

O Tribunal Superior de Justiça de Londres [High Court] decidiu esta sexta-feira adiar pela quinta vez a análise do recurso do ex-presidente do Benfica João Vale e Azevedo contra o pedido de extradição feito pela justiça portuguesa.
O juiz Patrick Elias foi sensível ao facto de o advogado de defesa, Alun Jones, ter sido nomeado “há poucos dias”, dando-lhe algumas semanas para entregar a sua defesa por escrito.

O advogado alegou esta sexta-feira que o cúmulo jurídico decidido pela justiça portuguesa em relação a Vele e Azevedo decretou uma sentença de 11 anos e seis meses de prisão, invalidando uma outra de sete anos e seis meses que refere o mandado que originou este processo.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.