Debate e votação na especialidade da reforma adiados para quarta-feira à tarde

Debate e votação na especialidade da reforma adiados para quarta-feira à tarde

 

Lusa/AO Online   Economia   3 de Dez de 2014, 05:58

O debate e votação na especialidade da reforma do IRS vão ser adiados para esta quarta-feira à tarde, depois de a oposição ter pedido mais tempo para analisar as propostas de alteração da maioria, disseram à Lusa fontes parlamentares.

 

O presidente da Comissão parlamentar de Orçamento, Finanças e Administração Pública, Eduardo Cabrita, disse hoje à agência Lusa que as propostas de reforma do Imposto sobre o Rendimento de pessoas Singulares (IRS) e da Fiscalidade Verde do Governo, bem como as alterações apresentadas pelos partidos, já não vão ser discutidas e aprovadas na quarta-feira de manhã, conforme estava inicialmente agendado.

Segundo o deputado socialista, existe “um acordo” entre os diferentes partidos para que a reforma do IRS comece a ser debatida na quarta-feira à tarde, depois do plenário, estando por definir quando se inicia o debate da reforma da Fiscalidade Verde. Os acertos ao calendário serão decididos durante a reunião da comissão parlamentar, da parte da manhã, indicou Eduardo Cabrita.

Também deputado do PSD Duarte Pacheco disse à Lusa que há disponibilidade para que o debate e votação sejam adiados, mas para quarta-feira à tarde, de modo a “não inviabilizar o objetivo de aprovar [em votação final global] as duas reformas na sexta-feira”.

O PS e PCP criticaram hoje que os partidos que sustentam o Governo por terem apresentado quase 40 propostas de alteração à reforma do IRS, apelando a que a discussão e votação fossem adiadas.

O deputado do PS João Galamba considerou que as 37 propostas apresentadas por PSD e CDS-PP “são substanciais e implicam análise” e o deputado do PCP Paulo Sá disse que os prazos estabelecidos pela maioria “não permitem uma reflexão adequada”.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.