Custos de construção de habitação nova desaceleram em fevereiro

Custos de construção de habitação nova desaceleram em fevereiro

 

Lusa/AO online   Economia   7 de Abr de 2015, 11:23

O índice de custos de construção de habitação nova apresentou em fevereiro uma ligeira desaceleração, fixando-se em 0,1%, uma redução de 0,2 pontos percentuais (p.p.) face à taxa observada no mês anterior.

Segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE), esta desaceleração do índice total "foi determinada pela evolução dos índices das duas componentes, materiais e mão-de-obra, que registaram, ambos, um decréscimo de 0,3 p.p. nas taxas de variação comparativamente com as verificadas no mês anterior (taxas de -1,3% e 1,2% em fevereiro, respetivamente).

A variação homóloga do índice relativo a apartamentos fixou-se em 0,3% em fevereiro, taxa inferior em 0,2 p.p. à observada no mês precedente, enquanto a variação do índice relativo a moradias decresceu 0,3 p.p. para uma taxa de -0,2%, adianta o INE.

Relativamente ao índice de preços de manutenção e reparação regular da habitação, no Continente, caíram em termos homólogos 0,3% em fevereiro, taxa inferior em 0,1 p.p. à observada no mês anterior. Os índices das componentes produtos e serviços apresentaram taxas de variação homóloga de -1,3% e 0,0%, respetivamente.

As regiões Norte e Algarve apresentaram taxas de variação homóloga de -0,6% e -2,2%, respetivamente, enquanto que o índice da região do Alentejo registou uma subida homóloga de 0,3%. Os índices das restantes regiões apresentaram variações homólogas nulas.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.