Curta-metragem "Flores" de Jorge Jácome premiada em festival na Roménia

Curta-metragem "Flores" de Jorge Jácome premiada em festival na Roménia

 

Lusa/AO online   Cultura e Social   2 de Abr de 2018, 17:38

O filme português “Flores”, de Jorge Jácome, venceu o prémio principal do Festival Internacional de Cinema Experimental de Bucareste (BIEFF, sigla em inglês), que terminou no domingo na Roménia.

O júri do festival decidiu atribuir o prémio a “Flores” “pela sua perspetiva instintiva e fresca da linguagem visual e narração”, de acordo com informação disponibilizada na página oficial do certame, na rede social Facebook.

Além disso, o filme “transforma a visão habitual sobre a interação entre a humanidade e o meio ambiente, ao retratar com ternura o medo implícito na recusa da humanidade em curvar-se perante a Natureza”.

A curta-metragem "Flores”, na qual Jorge Jácome imagina o arquipélago dos Açores destruído por uma praga de hortênsias, já tinha recebido prémios no Internationale Kurzfilmtage Winterthur, na Suíça, no Festival de Cinema e Vídeo Experimental de Zagreb, na Croácia, e no IndieLisboa - Festival de Cinema Independente, em Portugal.

Além dos festivais nos quais foi premiado, o filme foi exibido e esteve em competição noutros, nomeadamente no de Toronto (Canadá) e no de San Sebastian (Espanha).

A 8.ª edição do festival BIEFF decorreu na semana na semana passada, de 26 de março a domingo, 01 de abril.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.