CTT reduzem lucro para 19,5 ME até setembro

CTT reduzem lucro para 19,5 ME até setembro

 

Lusa/AO online   Economia   31 de Out de 2017, 17:44

Os CTT - Correios de Portugal tiveram lucros de 19,5 milhões de euros até setembro deste ano, menos de metade (-57,6%) dos 46 milhões de euros conseguidos nos primeiros nove meses de 2016, divulgou hoje a empresa em comunicado ao mercado.


Entre janeiro e setembro, os CTT registaram 518 milhões de euros de receitas, inferior em 800 mil euros ao valor registado no mesmo período do ano passado, enquanto os custos subiram 22,7 milhões de euros para 458,7 milhões de euros.

O resultado bruto de exploração (EBITDA, resultados antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) foi assim, entre janeiro e setembro deste ano, de 59,3 milhões de euros, o que significa menos 28% do que o registado no mesmo período de 2016.

Os CTT divulgaram ainda os resultados recorrentes (sem efeitos extraordinários), referindo que foram de 31,2 milhões de euros entre janeiro e setembro, o que compara com os 48,7 milhões de resultados recorrentes até setembro de 2016.

"O EBITDA e o resultado líquido recorrentes decrescem 25,1% (-22,9 milhões de euros) e 35,9% (-17,5 milhões de euros), respetivamente, como consequência da perda das receitas da Altice, da queda acentuada nos dois últimos trimestres do tráfego de correio e dos gastos associados ao processo de ajustamento das redes ao crescimento acelerado do Banco CTT e do negócio de Expresso e Encomendas", explicaram os CTT.

As ações dos CTT fecharam hoje em bolsa a perder 0,20% para 5,05 euros.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.