Cruz Vermelha Portuguesa envolve 800 voluntários em campanha de prevenção solar


 

Lusa/AO Online   Nacional   17 de Mai de 2016, 10:19

Mais de 800 voluntários da Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) vão estar este ano envolvidos na campanha de proteção solar para a época balnear, que pretende chegar a 30.000 pessoas e que é hoje anunciada pela instituição.

 

O programa de formação vai chegar pela primeira vez às ilhas, com duas delegações nos Açores.

De acordo com a Cruz Vermelha, haverá 60 delegações regionais envolvidas na preparação da campanha de prevenção, uma iniciativa que se realiza há nove anos e que já teve impacto junto de 120.000 crianças, a nível nacional.

Os representantes das delegações da CVP vão receber formação sobre comportamentos saudáveis em ambiente de exposição solar para poderem transmitir as regras a observar nesta época.

Designada “#OMEUSOL: vive + o verão”, a campanha de preparação vai chegar este ano a adolescentes e adultos, no sentido de os alertar, com as ações de sensibilização a terem hoje início na sede da Cruz Vermelha, sob a orientação de um dermatologista.

A atenção vai estar centrada na prevenção do cancro da pele.

O índice de proteção adequado a cada tipo de pele, a melhor hora para exposição solar, o uso de chapéu e óculos de sol ou a renovação das aplicações de creme protetor a cada duas horas são algumas das mensagens a transmitir pelos voluntários a crianças, jovens e adultos.

O programa de formação passará por 60 localidades e as atividades de sensibilização realizar-se-ão em praias fluviais e marítimas, piscinas municipais e outros espaços abertos, durante eventos promovidos pelas autarquias.

A CVP conta com o apoio das farmácias a nível local e vai também realizar ações em escolas, até ao final do ano letivo.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.