Criação de empresas cai 5,2% e encerramentos recuam 1,7% até julho

Criação de empresas cai 5,2% e encerramentos recuam 1,7% até julho

 

Lusa/AO online   Economia   8 de Ago de 2016, 17:47

As novas empresas criadas até julho em Portugal diminuíram 5,2%, para 22.883 unidades, enquanto os encerramentos recuaram 1,7%, para 7.839, e as insolvências mantiveram a tendência descendente, revela o barómetro Informa D&B.

 

Segundo os resultados do barómetro, as atividades imobiliárias (1.708 unidades, mais 32,1%) e o alojamento e restauração (2.847 entidades, mais 1,9%) foram os únicos setores que cresceram em constituições de empresas, tendo a construção (1.828 unidades, mais 0,2%) mantido valores semelhantes e os restantes setores descido.

As regiões de Lisboa e Porto apresentaram “tendências distintas”, com Lisboa a registar um crescimento de 4,1% de novas empresas e organizações e o Porto a descer 6,5%.

Considerando o acumulado dos últimos 12 meses, o rácio nascimentos/encerramentos de empresas foi de 2,2.

De janeiro a julho foram iniciados 2.122 processos de insolvência de empresas, o que corresponde a um recuo de 23,1% face ao mesmo período do ano passado.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.